Dia dos Namorados: Pote do amor!

Mais um passo a passo de um presente super simples e fofo para o Dia dos Namorados. Como falei AQUI, a ideia é fazer presentes beeeem baratinhos, mas cheios de amor. Mais uma vez, não gastei nada com esse DIY (faça você mesmo), já tinha tudo aqui em casa.

Sério, é muito simples de fazer  essa lembrança, mas ela pode ficar cada vez mais especial dependendo da sua criatividade e paciência para escrever. Vou explicar: o presente é simplesmente um pote de vidro com vários recadinhos dentro. Quanto maior o pote, mais recadinhos você terá que escrever.

Você pode colocar temas para os recadinhos:

  • Quando estiver com saudades, pegue um papelzinho;
  • Razões porque eu te amo;
  • Lembra quando…(Daí você coloca algum momentos que viveram juntos);
  • Para deixar o seu dia mais feliz;
  • Sonhos que quero realizar com você;
  • Manias suas que eu amo;
  • Trechos de músicas;
  • Poemas;
  • Mensagens de amor.

Presente para o Dia dos Namorados

O Dia dos Namorados está chegando e ao longo desta semana tentaremos fazer posts com dicas bacanas envolvendo esta data. Vamos postar algumas ideias de presentes no estilo “faça você mesmo” e até ideias para comemorar esse dia especial, seja um jantar em um restaurante bacana ou em casa mesmo.

Dei uma pesquisada na internet de DIY (do it yourself – faça você mesmo) para o Dia dos Namorados. Encontrei muitas coisas legais e fáceis de fazer. Aqui no blog, vamos selecionar apenas projetinhos rápidos e simples de fazer, afinal, dia 12 já está aí. Não dá para fazer nada muito elaborado e também não queremos gastar muito!

Eu, particularmente, adoro esses presentes “faça você mesmo”. Já fiz muuuita cartinha fofa pro Gunter. Aqui em casa tem uma caixa cheia de coisinhas.

Meu primeiro DIY é uma caixinha de fotos. Na verdade, as fotos ficam guardadas na caixinha. Sinceramente, não sei dizer o nome exato desse presente hahaha Vou chamar de “sanfona de fotos”. Vi muuuitas ideias como essa no Pinterest. Sério, dá pra inventar muita coisa. Eu, claro, fiz o mais fácil.

Minha ideia inicial era: não gastar com nada. NADA mesmo. Eu não queria nem sair de casa para comprar algum material. O desafio era ter que usar o que eu tinha em casa. E deu super certo, só usei materiais que já tinha. Gasto zero. Uhu!

Uma fatia do Bolo da Ivone, farto em chocolate

Sabe quando bate aquela vontade de comer um bolo caseiro com bastante gosto de chocolate? Pois quando surge esse desejo, uma das melhores pedidas é o Bolo da Ivone. Bem simples, sem invenções desnecessárias, o bolo conquista facilmente os apaixonados por chocolate. Com um toque de...

Como usar bloco de concreto

Já pensou usar blocos de concreto na decoração da sua casa? Isso mesmo, na decoração. O mais legal é que você mesmo pode pegar um bloco de concreto e transformá-lo em um móvel super útil. O programa É de Casa, da Rede Globo, mostrou, recentemente, um...

Como foi o meu casamento – Karol e Pedro

Meu casamento foi realizado no dia 14 de janeiro de 2017 e eu lembro de cada detalhe da festa, dos momentos, do sorriso do meu marido, das palavras do meu irmão, do choro da minha mãe, da entrada ao lado do meu pai, das pessoas me falando “foi lindo”, dos abraços e desejos de felicidade.

 

Algumas coisas que eu decidi fazer já estavam enraizadas há muito tempo. A dinâmica da cerimônia já tinha sido decidida desde antes de eu ficar noiva: não seria na igreja (polêmicas à parte), seria celebrada pelo meu irmão e nada de marcha nupcial. A minha grande sorte: o noivo concordou e abraçou todas as minhas sugestões. Se não fosse isso, nada teria saído como saiu. Sim, eu queria desse jeito, mas se ele me dissesse que essa não era a vontade dele teríamos que chegar a um denominador comum. O casamento também era dele, ora essa.