Como montar escritório gastando pouco

Minha casa está quase pronta. Depois de quatro meses só faltavam três partes que precisam ser concluídas: a área de serviço, o closet e o escritório. Mas essa semana finalmente terminamos o escritório. Eeee!

Na verdade, o escritório não é bem um cômodo. Entenda, nossa casa é uma espaço que seria usado como garagem, era um espaço sem paredes, quase um galpão. Nós dividimos os cômodos com drywall. O que foi muito bom. Os ambientes têm exatamente os tamanhos que nós queríamos e sem gastar com tijolo, cimento e areia. Enfim, isso foi para explicar que nessa parte de escolher o espaço de cada cômodo, deixamos um recuo na parede da sala para fazer o escritório e ele se encaixou perfeitamente.

É importante dizer que tanto a estante quanto o tampo da mesa foram feitos pelo meu pai. Assim como grande parte das coisas que tem na minha casa. Aliás, como a própria casa. Obrigada, pai! (Hahaha).

Essa é a visão que se tem quando entra em casa. Como dá para perceber as cadeiras não combinam, mas vamos providenciar duas novas e bonitas.

Em relação aos quadros dessa parede, mais uma vez o faça você mesmo comandou. Sempre sobra pedaços de madeira na oficina do meu pai, o que é ótimo para fazer quadrinhos. O Pedro ganhou o disco do Motorhead de uma tia e o da Amy Winehouse da mãe e colocamos o convite do nosso casamento em uma moldura da Tok Stok (R$ 16,90). Os outros foram todos feitos por mim mesma.

Essa é a estante.  

Essa coca zero está vencida desde 2012 e a Itubaina foi presente da minha mãe pro Pedro.

Parece que alguém gastou muito dinheiro com mclanche feliz.

A mesa coube com folga os dois notebooks e as bugigangas. O detalhe é que os pés foram feitos de tijolo. Sim, tijolo de concreto. Nada fica sem aproveitamento aqui em casa. A ideia veio da minha mãe. Na parede em frente à mesa tem dois quadrinhos. Nós compramos as molduras na Tok Stok (R$ 24,90) e colocamos os votos que lemos um para o outro no casamento. Na frente do meu computador está pendurado o que o Pedro escreveu e na frente do dele, os meus. Uma maneira de renovar os votos sempre que estamos ali sentados.

A frase final dos votos que o Pedro: -bem, acho que é como aquela linda música fala: ‘deus me livre te amar, mas eu te amo’. Romântico!

Como eu falei, ainda falta trocar as cadeiras e a arrumação das prateleiras pode mudar a qualquer momento, mas se um dia você vier na minha casa é isso que vai ver.

E aí, o que achou do nosso escritório? Gastamos pouco e amamos o resultado.

Karolina Kopko

<p>Jornalista que sempre quis unir suas paixões: jornalismo e artesanato. Sempre que pode escapa da correria do mundo e se joga no meio de papéis, cola tesoura, tecidos. Agora está se aventurando na maravilhoso mundo da decoração.</p>

2 Comments
  • Anônimo
    Responder
    03/04/2017

    Ficou lindo o cantinho do escritório!
    A cara dos dois!
    Parabéns!

Leave a Comment: