Pintando letras de MDF

Mesmo antes da gente se mudar eu já era louca para ter um “HOME” de letras de mdf para decorar a nossa sala. Sei lá de onde eu tirei isso, mas queria muito. Vi em algumas lojas, mas nunca dava pra comprar – ou porque era caro demais ou porque não era do meu gosto.

Um belo dia decidi que eu mesma iria fazer o meu “HOME”. Fui ao Taguacenter (lugar mágico para DIY) e comprei as letrinhas, cada uma por R$9,50; base e tinta spray. Resolvi fazer muito por acaso, então peguei a cor vermelha mesmo. Não quis inventar muita coisa.

Cantinhos do Coração: caixotes na decoração

 

O mais legal de ter um blog é poder compartilhar os mesmo gostos com algumas (ou várias) pessoas. Nosso blog tem pouco mais de um mês, ainda estamos engatinhando, mas é tão bacana quando alguém vem falar que leu algum post, que curte e compartilha as coisas que colocamos aqui.

O “Cantinho do Coração” de hoje é dos meus compadres Yssane e Felipe. Os dois são meus padrinhos de casamento e – devido a correria da vida – estávamos um tempo sem nos falar. Um dia desses reunimos uma turma e a Yssane veio me mostrar essas fotos. Fiquei tão feliz. Ela entrou no blog (sem eu pedir hahaha) e quis mostrar aqui suas habilidades na decoração.

Prints de graça para decorar

Sempre amei quadros e pôsteres. Sério, sou meio fissurada. Se deixar, eu coloco quadro em qualquer espaço em branco aqui em casa. Até agora tenho uns dez quadros pendurados e essa coleção ainda deve aumentar porque estou pensando em colocar mais um na sala e alguns no escritório e no quarto.

Só que eu tenho um problema sério: amo quadros e pôsteres com frases. Se juntar todos os meus quadros dá pra fazer um belo livro de autoajuda ou motivacional. Então, minha meta é encontrar quadros com figuras/imagens/paisagens. Eu queria mesmo era um quadro do Van Gogh ou do Monet, mas esses ainda estão difíceis de comprar (por enquanto, o jeito é ir atrás de uma “réplica bonitinha” hahaha).

DIY: a escrivaninha que virou penteadeira

Eu sempre quis ter uma penteadeira para colocar todas as maquiagens, perfumes, cremes, escovas e pentes, bijous… Senti essa necessidade principalmente depois que casei e me mudei. Na minha antiga casa, eu tinha uma cômoda e colocava tudo nela, mas não a trouxe na mudança. Como iríamos fazer novas mesas para o escritório, decidi pegar minha antiga escrivaninha e transformá-la numa penteadeira! A mudança teve duas fases e como na época que comecei a “transformação” nem imaginava ter esse blog, infelizmente não tenho fotos do “antes” da escrivaninha. Desculpa, gente. Mas era uma mesa simples, cor de madeira mesmo e as gavetas tinham triângulos pretos pintados.

“Oh, Minas Gerais, quem te conhece não esquece jamais”

Viajar é sempre bom. Nem que seja uma viagem de dois, três dias. Pensando nisso, Gunter eu sempre tentamos viajar para descansar e esquecer a correria do dia-a-dia. Ok, ainda não fizemos muitas viagens nesses dez meses de casados. Mas a ideia é sempre dar uma fugidinha quando possível.Também tenho que confessar que o Gunter é sempre mais empolgado do que eu pra viajar. Quando ele decide que vai viajar…ele vai! Eu não! Eu sempre tenho mil impedimentos, planejamentos.Nossa última viagem foi para Ouro Preto, em Minas Gerais. Muita gente estranhou quando dissemos o destino da nossa viagem. Nós dois temos uma quedinha por cidades antigas, cidades com cara de interior. Tanto é que já estamos pensando em conhecer Goiás Velho, em Goiás.Enfim, vamos deixar de enrolação e falar sobre Ouro Preto!Passamos dois dias lá, então vou dividir em Dia 01 e Dia 02.A cidade é muito linda e fofa. Eu, que sou de Brasília, cidade moderna com 55 anos, fiquei admirada ao chegar nessa cidade mineira de 317 anos de idade (não se sabe ao certo se a cidade foi fundada em 1693 ou 1698). É impossível não entrar naquele clima de cidade de época. A arte Barroca é incrível.